Saiu o novo número do jornal da ONG, com os artigos de Lívia Castro, Vera Schumann, Célio Turino e Luiza Cazumbá. Se o arquivo não aparece, clique no link para ler no Scribd. Boa leitura!

Jornal 2015.1

O termo de Cessão de Uso do terreno onde construiremos a nova sede da ONG foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) em 30 de Dezembro de 2014. Em breve publicaremos o texto integral do contrato.

Confira o texto do ato:

Resumo do Termo Administrativo de Permissão de Uso de Bem Imóvel n°006/2014:
Processo: 0200110438787. Permitente: Estado da Bahia, através da Secretaria da Administração com a Interveniência da Secretaria de Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária, Pesca e Aquacultura – SEAGRI. Permissionário: Pé de Arte, Cultura e Educação – PACE. OBJETO: Cessão de Uso, a título gratuito, de uma área com 1.190,57m², (conforme Memorial Descritivo anexo), pertencente à maior porção do imóvel denominado fazenda Orobó – Instituto Bahiano de Fumo, situado na Av. José Carlos de Lacerda, s/n, Município de São Gonçalo dos Campos, cadastrado no Sistema de Controle de Bens Imóveis – SIMOV, sob o n°. 5003. Vigência: 05 (cinco) anos, a partir da data da publicação. Assinatura: 29.12.2014.

Esse documentário sobre a fundação da cidade de São Gonçalo dos Campos foi realizado em 2010, a partir do relato do historiador Geraldo Pereira. O DVD foi distribuído nas escolas da cidade para perpetuar a memória viva do contador.


São Gonçalo dos Campos 1674 por pace_ong

levitra

Desde 2009, são organizadas Conferências de Cultura nos níveis municial, territorial, estadual e nacional. Dia 23 de agosto, a segunda Conferência Municipal de Cultura reuniu perto de 100 pessoas, entre artistas, jovens, professores e outros interessados. Durante o dia, 6 eixos permitiram a elaboração de um total de 18 projetos municipais, e 6 territoriais, que serão integrados ao Plano Municipal de Cultura. Para elaborar o Plano, cinco delegados foram eleitos na Conferência, entre os quais Lívia Castro e Michelle Garcia representarão a sociedade civil.

No ano de 2009, a primeira Conferência de Cultura fracassou porque os trabalhos realizados durante o evento desapareceram. Por esta razão, esta segunda Conferência teve um toque de “déjà-vu” que não agradou a diversos artistas locais. Hoje, a formação do Grupo de Trabalho tem o objetivo de impedir que isso aconteça novamente. Entre os projetos, destacam a implantação de um sistema municipal de cultura (secretaria, fundo e conselho), a criaçao de uma casa da arte, a criação de um arquivo municipal, o incentivo à culinária local, etc. A Conferência Territorial do Portal do Sertão é prevista para os dias 24 e 25 de setembro, em Conceição do Jacuípe.



Na oficina de cultura digital, um grupo de jovens aprende a utilizar a informática para produzir material cultural. O primeiro trabalho que eles estão realizando é o mapeamento digital da cidade de São Gonçalo dos Campos, grâças ao site wikimapia. A partir das imagens satelites, eles identificam os pontos e as zonas do município, com outra perspectiva sobre o lugar onde vivem.

O mapeamento tem objetivos tanto pedagógicos quanto socio-económicos, já que não existem mapas atualizados de boa qualidade no município.

A ONG recebeu ontem, dia 10 de março, o Prêmio Júlio César Mello de Oliveira, com as apresentações de Juliana, Thiago e Vítor no violão. O Instituto selecionou 4 entidades que desenvolvem programas sociais voltados para o exercício da cidadania, o bem-estar social e a valorização do patrimônio cultural local ou regional:

- Pé de Arte, Cultura e Educação – São Gonçalo dos Campos
- Grupo Quixabeira da Matinha – Feira de Santana
- Creche Humildes Servos de Maria – Feira de Santana
- Grupo Nova Esperança (Farinhada) – Santa Bárbara

O valor do Prêmio será utilizado para participar da campanha local para a nova iluminação da Igreja Matriz em São Gonçalo dos Campos, mais antigo edifício da cidade com mais de 300 anos de história, e para formar um grupo de guias culturais locais.